Trunfo® Plus

Trunfo® Plus
TipoFungicidas
ComposiçãoAzoxistrobina 17.86% (=200 g/l), Difenoconazol 11.16% (=125 g/l). Contém: 1,2-benzisotiazolin-3(2H)-ona
Tipo de FormulaçãoSuspensão concentrada (SC)
Tipo de FormulaçãoSuspensão concentrada (SC)
Número de registoAV 2037
Embalagem
1 l, 5 l
Ficha de Dados de Segurança245K244.69K
Ficha de Dados de Segurança245K244.69K

Informação Toxicológica

Atenção

Em caso de intoxicação contacte o Centro de Informação Antivenenos (CIAV), telefone nº 800 250 250.

Descrição do Produto

Resumo

TRUNFO® PLUS é um fungicida composto por duas substâncias ativas, a azoxistrobina e o difenoconazol. A azoxistrobina pertence ao grupo das estrobilurinas, inibe a respiração mitocondrial dos fungos, ao nível do complexo III - citocromo bc1 – QoI – (Grupo FRAC 11), penetrante com mobilidade translaminar e lateral, possuindo uma atividade essencialmente preventiva, anti-esporulante e alguma atividade curativa. O difenoconazol pertence à família dos triazóis, sistémico, com atividade preventiva e curativa, inibe a biossíntese dos esteróis na demetilação – DMI – (Grupo FRAC - 3), o que leva à disfunção das membranas do fungo.

Sobre a aplicação

Modo de Aplicação

Calibrar corretamente o equipamento, calculando o volume de calda gasto por ha, de acordo com o débito do pulverizador (L/min), da velocidade e largura de trabalho, com especial cuidado na uniformidade da distribuição de calda. A quantidade de produto e o volume de calda devem ser adequados à área de aplicação, respeitando as doses indicadas. Para diminuir o risco de arrastamento, evitar pressões superiores a 2 Kg/cm2 e/ou usar bicos anti-arrastamento.

Volume de calda a utilizar: 500 a 1.000 L/ha (tomateiro e beringela); 200 a 600 L/ha (cenoura, cebola e alcachofra); 300 a 500 L/ha (beterraba-sacarina).

Modo de preparação

Na preparação da calda deitar metade do volume de água adequado para a pulverização prevista. Agitar bem o produto na embalagem, até ficar homogéneo. Juntar a quantidade de produto necessária e completar o volume de água pretendido, assegurando agitação contínua.

Precauções biológicas

Para evitar o desenvolvimento de resistências, não aplicar este produto ou qualquer outro que contenha QoI ou DMI, em mais do que 2 tratamentos em tomateiro, beringela, cenoura, alcachofra, beterraba-sacarina e 1 tratamento em cebola, por ciclo cultural e no conjunto das doenças.

O TRUNFO® PLUS não deve ser aplicado nos locais onde comecem a verificar-se quebras de eficácia após as aplicações do produto ou de outros produtos com o mesmo modo de ação (QoI ou DMI) existentes no mercado.

Intervalo de segurança

3 dias em tomateiro e beringela; 7 dias em alcachofra; 14 dias em cenoura e cebola; 21 dias em beterraba-sacarina.

Aplicações por cultura

Alcachofra

ProblemaMíldio
Dose1.0 L/ha
ObservaçõesFazer aplicações preventivamente ao aparecimento dos primeiros sintomas e quando as condições ambientais forem favoráveis ao aparecimento da doença. Na sua ausência, tratar desde o estado em que se atingiu 10% da massa foliar final típica da variedade até antes da colheita (BBCH 41-81). Nº máximo de aplicações por campanha: 2 Intervalo entre aplicações: 10 dias

Beringela

ProblemaOídio
Dose1.0 L/ha
ObservaçõesFazer aplicações preventivamente ao aparecimento dos primeiros sintomas e quando as condições ambientais forem favoráveis ao aparecimento da doença. Na sua ausência, tratar desde o início da formação dos lançamentos laterais até antes do início da floração (BBCH 20-59). Nº máximo de aplicações por campanha: 2 Intervalo entre aplicações: 12 dias

Beterraba Sacarina

ProblemaCercosporiose
Dose0.5 a 0.8 L/ha
ObservaçõesFazer aplicações preventivamente ao aparecimento dos primeiros sintomas e quando as condições ambientais forem favoráveis ao aparecimento da doença. Na sua ausência, tratar na fase de crescimento da roseta, ou seja, desde o estado em que as folhas cobrem 10% do solo até ao estado em que cobrem 90% do solo (BBCH 31-39). Nº máximo de aplicações por campanha: 2 Intervalo entre aplicações: 21 dias

Cebola

ProblemaFerrugem
Dose1.0 L/ha
ObservaçõesFazer aplicações preventivamente ao aparecimento dos primeiros sintomas e quando as condições ambientais forem favoráveis ao aparecimento da doença. Na sua ausência, tratar desde a fase de início do engrossamento do bolbo até à fase da secagem das folhas, bolbo atingiu o seu diâmetro máximo (BBCH 41-49). Nº máximo de aplicações por campanha: 1

Cenoura

ProblemaAlternariose
Dose1.0 L/ha
ObservaçõesFazer aplicações preventivamente ao aparecimento dos primeiros sintomas e quando as condições ambientais forem favoráveis ao aparecimento da doença. Na sua ausência, tratar desde a fase de início do desenvolvimento até ao final do crescimento das partes comestíveis da planta (BBCH 40-49). Nº máximo de aplicações por campanha: 2 Intervalo entre aplicações: 14 dias
ProblemaOídio
Dose1.0 L/ha
ObservaçõesFazer aplicações preventivamente ao aparecimento dos primeiros sintomas e quando as condições ambientais forem favoráveis ao aparecimento da doença. Na sua ausência, tratar desde a fase de início do desenvolvimento até ao final do crescimento das partes comestíveis da planta (BBCH 40-49). Nº máximo de aplicações por campanha: 2 Intervalo entre aplicações: 14 dias

Tomateiro

ProblemaAlternariose
Dose1.0 L/ha
ObservaçõesFazer aplicações preventivamente ao aparecimento dos primeiros sintomas e quando as condições ambientais forem favoráveis ao aparecimento da doença. Na sua ausência, tratar desde o início da formação dos lançamentos laterais até antes do início da floração (BBCH 20-59). Nº máximo de aplicações por campanha: 2 Intervalo entre aplicações: 12 dias
ProblemaMíldio
Dose1.0 L/ha
ObservaçõesFazer aplicações preventivamente ao aparecimento dos primeiros sintomas e quando as condições ambientais forem favoráveis ao aparecimento da doença. Na sua ausência, tratar desde o início da formação dos lançamentos laterais até antes do início da floração (BBCH 20-59). Nº máximo de aplicações por campanha: 2 Intervalo entre aplicações: 12 dias
ProblemaOídio
Dose1.0 L/ha
ObservaçõesFazer aplicações preventivamente ao aparecimento dos primeiros sintomas e quando as condições ambientais forem favoráveis ao aparecimento da doença. Na sua ausência, tratar desde o início da formação dos lançamentos laterais até antes do início da floração (BBCH 20-59). Nº máximo de aplicações por campanha: 2 Intervalo entre aplicações: 12 dias

Produtos relacionados

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência, analisar o tráfego do site e veicular anúncios direcionados.

Ao clicar em Aceitar, você concorda com o uso de cookies de acordo com nossa Política de cookies .